GGLs realizam visita técnica à Estação de Tratamento de Esgoto de Mutum em Macaé

Na última segunda-feira (5), o Núcleo de Educação Ambiental da Bacia de Campos representado pelos Grupos Gestores Locais de Casimiro de Abreu, Armação dos Búzios, Rio das Ostras e Macaé, realizaram de uma visita técnica à Estação de Tratamento de Esgoto de Mutum Macaé , com o objetivo de conhecer melhor o sistema de tratamento terciário cujo efluente tratado é lançado na lagoa de Imboassica. Sendo as bandeiras de luta, saneamento básico e recursos hídricos,  a visita técnica esclareceu dúvidas referentes ao funcionamento de uma Estação de Tratamento de Esgoto. O grupo pôde aprender todas as etapas do tratamento de esgoto, tendo em vista que o sistema da mesma é de nível terciário, que é um diferencial pois o tratamento é realizado através de um reator UASB, onde as próprias bactérias digerem a matéria orgânica através de um processo anaeróbio, além de remover também materiais patogênicos, cuja responsável pela instalação e funcionamento é a Odebrecht  Ambiental que pretende ampliar e criar novas estações de tratamento de esgoto para toda Macaé. O único produto químico utilizado em todo o tratamento é o Cloreto Férrico para remoção do fósforo, pois o esgoto doméstico é rico dessa substância, que se jogada em rios e lagos podem causar eutrofização do local. Os conhecimentos apurados servirão para estudos sobre as questões relacionadas a lagoa que são de competência inclusive do CBH Macaé onde a Associação NEA-BC tem representação.

2016-09-05_ft_visitatecnicamutumete1 2016-09-05_ft_visitatecnicamutumete2

➡ Fonte: GGLs de Casimiro de Abreu, Armação de Búzios, Rio das Ostras e Macaé

Posts Relacionados:

Comments are closed.